Header Ads


Estado Islâmico libertou 170 trabalhadores sequestrados

POR: Vany Musik

Estado Islâmico libertou 170 trabalhadores
sequestrados


Os 170 trabalhadores da cimenteira de Al Badiya
que foram sequestrados na passada quinta-feira
na zona de Ad Dumayr pelo autoproclamado
Estado Islâmico foram, esta sexta-feira,
libertados pelo grupo terrorista.

Segundo um comunicado do Observatório Sírio
dos Direitos Humanos, a libertação das vítimas
foi possível devido à mediação de personalidades
locais, estando a aguardar agora a chegada
progressiva dos funcionários libertados à
localidade de Qalamoun.

Além desta informação, é também possível ler
no comunicado que o pessoal de segurança da
fábrica e os homens leais ao regime do
Presidente sírio Bashar al-Assad, que protegiam
a zona e foram também capturados, não foram
libertados
De recordar que a região de Ad Dumayr, que
inclui uma importante base da Força aérea síria,
está dividida entre o exército governamental e
milícias aliadas, pelo Estado Islâmico e pelos
grupos do Exército Sírio livre.

FONTE

Com tecnologia do Blogger.